5 dicas de prevenção para glicose alta

10/05/2018 | | publicado por

5 dicas de prevenção para glicose alta

A glicose alta no sangue é uma das consequências da falta de cuidado com a saúde. Pessoas que não se alimentam corretamente, não praticam qualquer tipo de atividade física, que estejam com excesso de peso corporal, que tiveram diabetes gestacional ou que tenham familiares com diabetes, são as mais propensas para desenvolver  o diabetes tipo 2. Portanto, sugiro a você, que apresenta algum dos fatores de risco citados, que leia este texto até o final para saber como prevenir o aparecimento dessa doença!

Segundo dados estatísticos da Federação Internacional de Diabetes (IDF),  publicado em 2017, temos no Brasil uma população adulta de diabéticos tipo 2 estimada em 12,5 milhões de  pessoas, correspondendo a 8,7% da população adulta.

Considerando a alta prevalência desta doença crônica, que pode causar uma série de complicações em diversos órgãos (coração, cérebro, rins, pés,olhos), médicos endocrinologistas e nutricionistas orientam os pacientes a realizar mudanças no estilo de vida e, principalmente, a adotar hábitos saudáveis. Essas medidas são as que mais colaboram para a manutenção da saúde e diminuem as chances de uma pessoa desenvolver diabetes tipo 2.

O que fazer para que a glicose alta não afete você!

Consultar um endocrinologista

Um hábito que poucas pessoas desenvolvem é o de consultar um endocrinologista regularmente. É importante fazer isso para saber se a glicose está alta e receber as orientações corretas de cuidado para que a falta de ação da insulina não acarrete em problemas de saúde mais sérios.

Consultar um nutricionista

Outra coisa que as pessoas pouco se preocupam em fazer é consultar um nutricionista para saber como se alimentar corretamente. Receber a indicação certa do que é bom ingerir para evitar não só a glicose alta, mas outros problemas de saúde, faz toda a diferença para o seu bem-estar.

Dormir bem

Ter uma boa noite de sono é fundamental para que todo o organismo renove as energias para funcionar da forma que deve. Também tem efeito benéfico para evitar que o diabetes tipo 2 surja. Mas para aproveitar todas as vantagens de um bom descanso, é preciso dormir entre sete horas e meia e oito horas e meia todas as noites.

Perder peso

Um grande fator de risco para o diabetes é o excesso de peso. Pessoas que tem alta concentração de gordura na região abdominal são as mais propensas a desenvolver a doença. Conforme a circunferência abdominal diminui, menor é o risco de a glicose alta afetar a saúde.

Abandonar o sedentarismo

O que provoca o diabetes é a incapacidade de a insulina exercer sua função da maneira que deve. Esse hormônio precisa quebrar as moléculas de glicose para que não haja acúmulo no sangue. Em pessoas que se exercitam, esse processo ocorre de forma mais fluida, pois a prática de exercícios físicos faz com que o corpo utilize melhor a insulina.