Ranking das doenças mais perigosas para a saúde

29/09/2017 | | publicado por

Ranking das doenças mais perigosas para a saúde

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças mais perigosas são as cardiovasculares. Cerca de 17,5 milhões de pessoas falecem todos os anos por problemas cardíacos, constituindo-se na causa número um de morte no planeta. Desses óbitos, 80% são causados por ataques cardíacos e derrames.

No Brasil, 300 mil pessoas morrem ao ano devido a doenças cardiovasculares, ou seja, há um óbito a cada dois minutos.

A predisposição genética contribui para a ocorrência de tais doenças. Contudo, a OMS explica que essas estatísticas estão relacionadas, principalmente, aos maus hábitos da população. Os principais são o consumo excessivo de sal, gordura e álcool, sedentarismo e tabagismo. O resultado pode ser obesidade ou baixo peso, hipertensão, colesterol alto e diabetes.

A seguir, veja as doenças cardíacas que mais vitimam os brasileiros.

Conheça as 4 doenças mais perigosas para a saúde

Infarto agudo do miocárdio

Conhecido como ataque cardíaco, é provocado pela redução ou ausência da circulação sanguínea no coração. Causa dor no peito, falta de ar, mal-estar e sudorese. Diante dos primeiros sintomas, deve-se buscar ajuda imediatamente, pois a cada minuto o risco de óbito aumenta em 10%.

Doença vascular periférica

Provoca o estreitamento e endurecimento das artérias que transportam o sangue para as pernas. Com a redução do fluxo de sangue, surge a dor e a dificuldade de caminhar, bem como queda da temperatura local e dormência. Também pode ocorrer nos braços, embora seja menos comum.

AVC

O acidente vascular cerebral (AVC) ocorre quando há entupimento ou rompimento dos vasos que levam o sangue ao cérebro. Provoca dor de cabeça, tontura e paralisia da área cerebral que ficou sem circulação sanguínea. Esta última pode levar à paralisia do braço, perna ou lado da face opostos ao do AVC. Existe a possibilidade de comprometimento da fala e dos processos neurológicos.

Morte súbita

A maioria dos casos de morte súbita está relacionada à doenças do coração. Nesses casos, o óbito ocorre na primeira hora após o início dos sintomas. É causada, principalmente, pelo infarto agudo do miocárdio.

12 dicas para prevenir doenças cardíacas

Previna e combata as doenças mais perigosas para a saúde com as seguintes orientações:

  1.  Faça um check-up cardíaco anual.
  2.  Tenha uma alimentação saudável, com pouco sal, sódio e gordura. Caso seja necessário, um nutricionista poderá lhe auxiliar.
  3.  Pratique atividades físicas. O ideal são, no mínimo, 30 minutos, cinco dias por semana.
  4.  Abandone o tabagismo.
  5.  Beba água.
  6.  Meça a pressão arterial. Pacientes hipertensos devem fazer isso uma vez por semana e pessoas saudáveis, uma vez por ano.
  7.  Combata o sobrepeso e a obesidade. Em alguns casos pode ser preciso consultar um médico endocrinologista para avaliação.
  8.  Faça exames para verificar o colesterol e os níveis de açúcar do sangue.
  9.  Evite ficar estressado.
  10.  Procure um médico imediatamente caso tenha dor no peito ou no tórax.
  11.  Visite um cardiologista regularmente.

O estilo de vida moderno é o grande responsável pelo alto índice de problemas cardíacos na população. Portanto, para preservar seu bem-estar e qualidade de vida, é fundamental incorporar hábitos saudáveis à rotina.

Para mais dicas e informações, baixe o e-book Guia do Coração.

Guia do coração: cuidado e prevenção

Material Educativo

Guia do coração: cuidado e prevenção

Baixar