Quais são os sintomas da pressão alta?

25/01/2018 | | publicado por

Quais são os sintomas da pressão alta?

A maioria das pessoas diagnosticadas com hipertensão arterial nem desconfiam que estão tendo problemas com a pressão alta. Muitas só descobrem isso depois de realizar alguns exames, como o de Monitoração Ambulatorial da Pressão Arterial (Mapa). Antes disso, elas consideram estar com a saúde em dia porque não percebiam qualquer sinal que indicasse o oposto.

Em muitos dos casos de hipertensão arterial acontece isso. A pessoa descobre que precisa dar atenção à pressão depois do alerta do cardiologista. Mas será que tem como identificar a pressão alta antes de fazer o check-up de rotina?

Os sintomas que são verdadeiramente relacionados à pressão alta costumam se manifestar tardiamente. A essa altura, o coração, os rins, os vasos sanguíneos e o cérebro já podem estar sofrendo os efeitos causados pela pressão acima do normal. O melhor é encontrar formas de se cuidar antes que os sintomas se manifestem.

Sintomas da pressão alta que é preciso conhecer

Muitos dos sinais da pressão alta são semelhantes aos de outras doenças. Então, é difícil determinar que o que se está sentindo é devido à hipertensão sem que seja feito um diagnóstico correto pelo cardiologista. Portanto, quando se percebe qualquer uma das alterações a seguir, deve-se agendar o quanto antes uma consulta com o médico.

Dor de cabeça

A dor de cabeça é um dos primeiros sintomas que surge quando a pressão está alta. É percebida já nas primeiras horas da manhã e tende a desaparecer no decorrer do dia.

Falta de clareza e agilidade de pensamento

A incapacidade de raciocinar com clareza e de maneira ágil surge quando a pressão alta tem evolução acelerada. Pessoas que apresentam esse sintoma também tem dificuldade para se concentrar e lembrar de certas coisas.

Tontura

A pressão alta compromete a circulação sanguínea cerebral, pois faz com que os vasos se contraiam, dificultando a passagem do sangue e, consequentemente, provocando a tontura.

Palpitações e arritmias cardíacas

A pressão alta sobrecarrega o coração, que precisa trabalhar mais para que o sangue chegue aos outros órgãos e tecidos do corpo quando a pressão está mais alta que o normal. Por este motivo, surgem as palpitações e as arritmias cardíacas, pois o coração entra em descompasso.

Há como cuidar ativamente da pressão, antes que os sintomas se manifestem, não somente indo ao cardiologista para as consultas de rotina, mas também prestando atenção:

  • à alimentação;
  • à prática regular de atividade física;
  • ao uso contínuo da medicação recomendada pelo médico, quando for o caso.

São três passos simples que, quando bem executados, podem evitar muitos problemas futuros. A hipertensão arterial é uma doença de fácil prevenção e que pode ser controlada.