Prevenção da pressão alta: deixe a saúde em dia com estes mandamentos

11/08/2017 | | publicado por

Prevenção da pressão alta: deixe a saúde em dia com estes mandamentos

A prevenção da pressão alta é uma preocupação que deve fazer parte do dia a dia de qualquer pessoa. Afinal, muitos dos hábitos inseridos na rotina são potenciais desencadeadores da hipertensão.

Uma vez descoberto o problema, só é possível agir para controlá-lo. Não há como eliminar o aumento da pressão arterial. No entanto, há como evitar que essa oscilação aconteça e afete a saúde. A lista a seguir aborda os cuidados mais eficazes no combate à hipertensão.

9 recomendações para a prevenção da pressão alta

Medir a pressão pelo menos uma vez por ano

A melhor, se não a única,  maneira de saber se a pressão está ou não alta é tendo o cuidado de verificá-la, ao menos, uma vez por ano. O mais adequado é fazer isso no consultório do cardiologista, em uma consulta de rotina. Caso nada seja observado, só é preciso fazer uma nova medição após 12 meses. Do contrário, o acompanhamento com o especialista torna-se fundamental para controlar a hipertensão.

Praticar atividades físicas todos os dias

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a todas as pessoas adultas a prática de alguma atividade física por cerca de 30 minutos todos os dias. Dessa forma, reduz-se o risco de se desenvolver doenças cardiovasculares, além de câncer e diabetes.

Manter o peso ideal

A obesidade é um dos fatores de risco para o desenvolvimento da hipertensão arterial. Por isso, uma das formas de prevenção da pressão alta é evitar o excesso de peso tanto quanto for possível.

Adotar uma alimentação saudável

Outra maneira de manter a hipertensão distante do organismo é consumir pouco sal, nenhum tipo de fritura e fazer escolhas mais condizentes com um estilo de vida mais saudável, colocando frutas, verduras e legumes no prato na hora das refeições.

Reduzir o consumo de álcool

Para afastar a possibilidade de a pressão arterial sofrer alterações capazes de torná-la alta, o mais indicado é não consumir nenhum tipo de bebida alcoólica, ao invés de somente diminuir a quantidade ingerida. Mas como isso não é feito, na grande maioria dos casos, deve-se ter cuidado para não haver exageros.

Abandonar o cigarro

Cigarro e pressão arterial alta são duas coisas que não combinam. Quem tem hipertensão precisa deixar de fumar. Dessa forma, o risco de surgir alguma doença relacionada, e potencializada pelas substâncias nocivas do cigarro, caem gradativamente e o organismo do ex-fumante se restabelece.

Nunca parar o tratamento

A pessoa hipertensa não deve parar nunca de se cuidar. Uma vez detectada a pressão alta, é preciso cientificar-se de que alguns hábitos, provavelmente, terão de ser modificados ou excluídos, e outros terão de ser incluídos na rotina para que a saúde permaneça estável.

Siga as orientações do profissional da saúde

Lembra que acima consta a orientação para consultar-se com um cardiologista periodicamente? Esse cuidado deve ser intensificado pela pessoa hipertensa. O intervalo entre as consultas de controle tem de ser em um intervalo menor que o de 12 meses e tudo o que o especialista recomendar, tem de ser realizado, pelo bem da própria saúde.

Evite o estresse

Essa indicação seja, talvez, a mais difícil de se colocar em prática. Independentemente disso, ter tempo para a família, os amigos e o lazer é algo que só acarreta em benefícios, seja para a prevenção da pressão arterial, seja à saúde com um todo.