Entrevista: Como a ultrassonografia contribui com a cardiologia e endocrinologia

Por: - Médico Cardiologista - CRM/SC 12882 RQE 9919
Publicado em 26/06/2020 - Atualizado 08/07/2020

Entrevista: Como a ultrassonografia contribui com a cardiologia e endocrinologia

A ultrassonografia é um exame realizado através da utilização de ondas sonoras de alta frequência para gerar imagens em tempo real do interior do corpo. Órgãos, ossos, articulações e tecidos refletem essas ondas e, através da captação dessas imagens, pode-se ver a morfologia e movimentos dessas estruturas, além do fluxo sanguíneo.

Ainda assim, o procedimento é um dos maiores avanços já que possui alta aplicabilidade com um custo muito baixo. Por isso, hoje, a Dra. Georgea Menegaz, a Dra. Ana Paula Cunha, e o Dr. Rodrigo Palavro explicam como a ultrassonografia contribui com a cardiologia e a endocrinologia.

Ultrassonografia na endocrinologia

Questionada sobre a importância do procedimento da medicina, a Dra. Georgea, especialista em diagnóstico por imagem da Unicardio, explica que a ultrassonografia é um método diagnóstico extremamente versátil que pode ser realizado em qualquer lugar.

Por não utilizar radiação ionizante, o procedimento não tem ação deletéria (prejudicial) ao paciente e, por isso, pode ser realizado durante toda a sua vida para diagnóstico e acompanhamento de doenças.

Na endocrinologia, a ultrassonografia permite a realização de procedimentos que antes só eram possíveis através de cirurgias ou exames clínicos. A Dra. Georgea conta que o estudo da tireoide era um desses casos.

Além da tireoide, os testículos e ovários também podem ser escaneados pelo procedimento. E, assim, é possível estudar mais profundamente o aparecimento de nódulos, por exemplo. Pode-se, ainda, determinar a necessidade de realizar uma biópsia e, até mesmo, realizar esse procedimento de forma percutânea (através da pele), já que o exame localiza o local exato das lesões. Assim, não é mais necessário a realização de cirurgias com cortes para identificar um nódulo ou lesão.

A Dra. Ana Paula, especialista em endocrinologia da Unicardio, explica que entre 80% e 90% das mulheres possuem nódulos na tireoide, mas que também é comum que eles sejam benignos. A ultrassonografia é o exame mais indicado para determinar as características do nódulo, como a exata localização e seu tamanho. A partir dos resultados da ultrassonografia, o endocrinologista avalia a necessidade de realizar uma biópsia, que é um exame invasivo.

Mas não é somente em relação à saúde da tireoide que a ultrassonografia ajuda na endocrinologia. A Dra. ainda explica que através do procedimento é possível diagnosticar patologias no fígado (fígado gorduroso), nas glândulas suprarrenais, e em pacientes com excesso de peso, por exemplo.

Ultrassonografia na cardiologia

A importância da ultrassonografia não é menor na cardiologia. O Dr. Rodrigo Palavro, cardiologista da Unicardio, explica que o procedimento ajuda a diagnosticar se o(a) paciente tem chance de desenvolver infartos e AVC ao longo dos anos.

Com o uso de Doppler, é possível identificar se o(a) paciente possui dilatação da camada médio-intimal (comum em pacientes com fatores de risco para doenças cardiovasculares) e se há placas de gordura nas artérias. Esse procedimento é utilizado para avaliar o fluxo sanguíneo em áreas e órgãos específicos.

Além disso, o Dr. Rodrigo ressalta que o exame permite ao cardiologista saber se precisa melhorar a posição de um tratamento ou atuar de forma mais agressiva, além de observar o desenvolvimento do tratamento.

Tipos e vantagens

A ultrassonografia pode ser realizada em diversos procedimentos:

  • ultrassom do abdômen; 
  • ultrassom das articulações; 
  • ultrassom com doppler (para vascularização); 
  • ultrassom das mamas; 
  • ultrassom transvaginal e 
  • ultrassom obstétrico (com ou sem doppler).

Esses são apenas alguns dos procedimentos mais comuns da ultrassonografia. Atualmente, a tecnologia já avançou ao ponto de permitir a ultrassonografia 3D, que mostra 3 dimensões de volume, e 4D, que mostra as 3 dimensões em movimento.

A principal vantagem desses procedimentos é a realização de exames diagnósticos com qualquer invasão.

Mesmo sendo um grande avanço da medicina, a ultrassonografia contém algumas limitações. O procedimento não possibilita a visão através de estruturas ósseas e estruturas que contém gás, então não é possível estudar a massa encefálica, os pulmões, o interior do tubo digestivo e, tampouco, os ossos.

Importância do trabalho em equipe

Durante a entrevista, a Dra. Ana Paula reforçou a importância da relação entre o médico prescritor do exame e o especialista que o realiza. Como a ultrassonografia é um exame totalmente operador-dependente, o diagnóstico e o tratamento são mais eficazes quando o prescritor 

ou seja, os resultados do exame dependem do conhecimento do especialista que o realiza e também da qualidade do equipamento.

Por isso, buscar uma clínica como a Unicardio que tem profissionais especializados e ótimos equipamentos é fundamental para a melhor execução do procedimento.

A Dra. Ana Paula explica, ainda, que as especialidades da cardiologia e endocrinologia interagem entre si e o mesmo acontece com a radiologia (que realiza a ultrassonografia). Por isso, é tão importante que toda a equipe se conheçam e tenham um ótimo trabalho em equipe. Assim, esses profissionais podem atuar em conjunto para melhorar o entendimento das condições dos pacientes e encontrar a melhor resolução para suas patologias.

Você pode acompanhar a entrevista completa no Facebook da Unicardio.

Quer conhecer as 18 modalidades de ultrassonografia que a Unicardio realiza? Então clique no banner abaixo e saiba também como se preparar para eles.

bannerentrevista-como-a-ultrassonografia-contribui-com-a-cardiologia-e-endocrinologia

Material escrito por:
Médico Cardiologista - CRM/SC 12882 RQE 9919

Graduação em Medicina pela Universidade Regional de Blumenau (FURB/Conclusão 2006) Residência em Clínica Médica no Hospital Governador Celso Ramos de...

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.