5 alimentos para reposição hormonal natural feminina

Por: - Endocrinologista - CRM/SC 10157 RQE 7075
Publicado em 22/02/2023

5 alimentos para reposição hormonal natural feminina

Você sabia que existem alimentos para reposição hormonal natural feminina? Isso mesmo: para algumas pacientes, que não podem ou não desejam tomar medicamentos para aliviar os sintomas da menopausa, é possível obter benefícios por meio de uma alimentação saudável.

Afinal, quando a fase reprodutiva chega ao fim, ocorrem várias mudanças hormonais no corpo feminino e, com isso, também surgem sintomas (alguns deles não muito agradáveis). No entanto, podemos aliviá-los e, obviamente, buscar qualidade de vida.

Preparamos este material para te mostrar os 5 principais alimentos para a reposição natural feminina. Acompanhe na leitura e fique por dentro:

O que é a menopausa?

Antes de tudo, vale a pena saber o que é realmente a menopausa. Ela é marcada pela última menstruação, que representa o fim da vida fértil. Isto é, a mulher deixa de ovular e não é mais capaz de engravidar naturalmente. Na maioria das vezes, isso acontece entre os 45 e 55 anos.

Com isso, os níveis de hormônios reprodutivos femininos caem: a progesterona e o estrogênio. O resultado é o surgimento de determinados sintomas, como ondas de calor, ressecamento vaginal, menor libido, ansiedade, alterações de sono, pele mais seca e risco aumentado de doenças cardíacas.

Ainda bem que existe a reposição hormonal para amenizar os desconfortos. O tratamento pode ser o medicamentoso ou o natural, como mostraremos no artigo de hoje.

Reposição hormonal natural feminina: para quem é recomendada

O uso de alimentos para reposição hormonal natural feminina é indicado para muitas mulheres, mas, principalmente, para aquelas que não podem utilizar os medicamentos químicos.

A Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) contraindica a reposição por remédios quando a paciente já teve câncer de mama ou de endométrio, infarto ou acidente vascular cerebral (AVC).

Portanto, é sempre importante conversar com o médico endocrinologista sobre esse assunto e, nos casos de contraindicações, a alimentação adequada é a chave para lidar com os sinais da menopausa.

Leia também: A regulação hormonal é essencial para a saúde do coração

Os alimentos para reposição hormonal natural feminina

Chegou o momento de conhecer os 5 alimentos que fazem parte do cardápio das mulheres que buscam a reposição hormonal natural. Confira:

Abacate

Essa fruta é bem versátil nas receitas e também ajuda com a saúde. Ela é rica em Ômega 3 e, por isso, ajuda a amenizar as ondas de calor e controla os níveis de colesterol no sangue, o que é bom para a saúde cardíaca.

Oleaginosas e sementes

Castanhas, chia, linhaça, pistache, sementes de girassol e nozes são alimentos que possuem uma substância chamada de beta-sitosterol. Ela é responsável por controlar os níveis do hormônio cortisol e, consequentemente, aliviar o estresse.

Além disso, também impactam positivamente na lubrificação vaginal, diminuindo o ressecamento da área. 

Inhame é um dos alimentos para reposição hormonal natural feminina

Um dos problemas que podem aparecer após a menopausa é a osteoporose. Trata-se do enfraquecimento dos ossos gerado pela redução da progesterona no sangue.

O inhame entra em cena para repor essa substância de forma natural. Portanto, você aposte neste tubérculo em diversas receitas.

Soja

A soja é uma ótima opção entre os alimentos para reposição hormonal natural feminina: ela age de forma similar ao estrogênio, porque possui a substância isoflavona.

Você pode, por exemplo, colocar o leite de soja ou a carne preparada com esse grão no seu dia a dia.

Um grande destaque dessa lista: chocolate!

Pode comemorar: o alimento mais amado está na lista para reposição hormonal natural! O chocolate é rico em triptofano, que alivia o estresse, acalma e promove a sensação de bem-estar.

Prefira as versões amargas, mas também não exagere no consumo. Você pode se deliciar, mas sem prejudicar outras partes da sua saúde, como os níveis de glicose no sangue.

Converse com o seu médico endocrinologista sobre os alimentos para reposição hormonal natural feminina

Mesmo que não envolva medicamentos, ainda assim é importante alinhar com o seu médico sobre as condutas no seu uso dos alimentos para reposição hormonal natural feminina.

Dessa forma, você terá as recomendações específicas para a sua saúde, com menores riscos de qualquer contratempo surgir.

Além do ginecologista, o médico endocrinologista pode te auxiliar nessa missão, pois é o profissional responsável pelos cuidados com os nossos hormônios.

Você ficou com mais alguma dúvida sobre esse assunto? Venha conversar com os nossos especialistas. É só entrar em contato pelo site.

Material escrito por:
Endocrinologista - CRM/SC 10157 RQE 7075

Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC/1996-2002) Residência em Clínica Médica no Hospital Regional de São José...

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.