Pode ocorrer queda de cabelo por problemas na tireoide?

Por: - Endocrinologista - CRM/SC 10157 RQE 7075
Publicado em 14/06/2022

Pode ocorrer queda de cabelo por problemas na tireoide?

Para muitas pessoas, a queda de fios de cabelo causa preocupação. Essa situação pode ter diversas causas, como doenças autoimunes, falta de vitaminas e até sequelas da covid-19. Contudo, nessa lista nem sempre são lembrados os problemas na tireoide.

Essa glândula é fundamental para a manutenção do funcionamento correto de todo o nosso corpo. Assim, quando algo nela não vai bem, a queda de cabelo é uma de suas manifestações.

O hipotireoidismo e o hipertireoidismo são as doenças mais comuns na tireoide que geram esse sintoma, além de diversos outros. Portanto, vamos explicar detalhadamente sobre eles para que você saiba quando procurar ajuda médica. Acompanhe na leitura.

O que é a tireoide?

Antes de tudo, é importante entender mais sobre a tireoide. Essa é a maior glândula do nosso corpo, com um formato de borboleta e que fica localizada no pescoço. Ela é a responsável por produzir dois hormônios: o triiodotironina (T3) e tiroxina (T4).

Essas substâncias atuam na regulação do metabolismo de todo o organismo e em todas as fases da vida, desde o crescimento do feto até na terceira idade. Por isso, quando há algum problema na tireoide, costumamos ter sintomas diversos e que afetam várias partes do corpo.

Alguns exemplos de situações em que há interferências da glândula:

  • crescimento e desenvolvimento das crianças;
  • ciclo menstrual;
  • fertilidade;
  • humor;
  • memória;
  • concentração;
  • e regulação do peso.

Além disso, a tireoide é fundamental para o funcionamento de órgãos vitais, como coração, cérebro, rins e fígado.

Um dos problemas na tireoide: hipotireoidismo

A queda de cabelo é sintoma de um dos problemas da tireoide, o hipotireoidismo, que é a condição em que a glândula não produz os hormônios T3 e T4 em quantidades suficientes para a manutenção do bom funcionamento do organismo.

Esse distúrbio pode afetar qualquer pessoa (até mesmo os recém-nascidos), mas é mais comum nas mulheres e costuma estar associado a uma inflamação, chamada de Tireoidite de Hashimoto, quando o próprio sistema imunológico do paciente ataca a tireoide.

Dessa forma, além da perda de fios de cabelo, o hipotireoidismo também pode  gerar:

  1. prisão de ventre;
  2. menstruação irregular;
  3. fadiga;
  4. falhas de memória;
  5. dores musculares;
  6. depressão;
  7. batimentos cardíacos desacelerados;
  8. ganho de peso;
  9. pele ressecada;
  10. aumento do colesterol ruim no sangue (LDL).

O tratamento costuma ser medicamentoso, a fim de reproduzir o funcionamento saudável da tireoide.

O hipertireoidismo

Esse é um dos problemas na tireoide que é o contrário do hipotireoidismo, mas também é mais comum em mulheres jovens, na faixa etária de 20 a 40 anos. No hipertireoidismo, a glândula produz hormônios em excesso e o curioso é que a queda de cabelo também é um dos sintomas.

As causas dessa condição podem envolver uma grande quantidade de iodo no organismo (este nutriente é utilizado pela tireoide para a produção do T3 e T4); surgimento de nódulos; ingestão de determinados medicamentos; e a Doença de Graves, outro distúrbio autoimune que acarreta no ataque à glândula.

Os sintomas são:

  1. ansiedade, irritação e agitação;
  2. tremores;
  3. insônia;
  4. perda de peso;
  5. intolerância ao calor;
  6. batimentos cardíacos acelerados;
  7. perda de apetite;
  8. diarreia;
  9. fraqueza muscular;
  10. fotofobia (sensibilidade à luz);
  11. olhos vermelhos e saltados.

O médico endocrinologista, responsável por cuidar da tireoide, irá analisar o que gerou o problema e, a partir disso, prescrever o tratamento adequado.

Acho que tenho um dos problemas na tireoide! O que fazer agora?

Você se identificou com os sintomas citados? Nessa situação, é fundamental realizar uma consulta com o médico endocrinologista. Esse especialista irá analisar o seu relato e pedir determinados exames. A partir disso, será possível obter o diagnóstico de um dos problemas na tireoide.

Vale lembrar que, com o tratamento correto, pacientes com hipotireoidismo ou hipertireoidismo podem ter os incômodos amenizados, assim como a queda de cabelo, e obter uma boa qualidade de vida.

Restou alguma dúvida sobre o assunto? Entre em contato com a nossa equipe pelo site. Você pode agendar uma consulta com a equipe de endocrinologia também pela nossa página.

Quer ter mais informações e dicas de saúde? Venha nos seguir nas redes sociais, onde sempre publicamos conteúdos importantes! Estamos no Instagram e no Facebook.

Material escrito por:
Endocrinologista - CRM/SC 10157 RQE 7075

Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC/1996-2002) Residência em Clínica Médica no Hospital Regional de São José...

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.