Cardiologia intervencionista em Florianópolis

Por: - Médico Cardiologista - CRM/SC 5960 RQE 3740/ 5037
Publicado em 20/04/2022 - Atualizado 27/04/2022

Cardiologia intervencionista em Florianópolis

Antes de agendar uma consulta com um cardiologista intervencionista em Florianópolis, é importante saber mais sobre essa especialidade para descobrir se ela realmente é a mais indicada para você.

Essa área de atuação da cardiologia, assim como o nome já sugere, foca no tratamento de problemas do coração por meio da realização de procedimentos minimamente invasivos. Além de auxiliar na cura, ela também pode ajudar no diagnóstico e no acompanhamento de diversas doenças.

Essa área da cardiologia está crescendo diariamente, uma vez que muitos procedimentos passaram a ser feitos por meio de punções, o que reduz o desconforto para o paciente, diminui o tempo de internação e possibilita uma recuperação mais rápida.

Por meio de técnicas avançadas, é possível fazer diversos processos que antes exigiam aberturas e cortes no paciente, como:

  • restauração do fluxo de sangue;

  • substituição ou reparo de vasos sanguíneos e

  • reversão do infarto agudo do miocárdio.

Continue lendo para saber mais sobre essa especialidade e saiba quando é indicado agendar uma consulta com o cardiologista intervencionista em Florianópolis.

Quais os diagnósticos realizados por um cardiologista intervencionista?

O cardiologista intervencionista pode auxiliar no diagnóstico de diversas doenças que afetam o coração e os vasos sanguíneos através de procedimentos. Entre eles está o famoso cateterismo, também chamado de coronariografia. Ele possibilita a avaliação das artérias do coração, assim como a aorta e as cavidades do órgão, os átrios e os ventrículos.

Outro exame que pode ser realizado é o FFR/DFR que possibilita a avaliação fisiológica das artérias coronárias. Por meio dele, torna-se possível analisar se uma placa aterosclerótica está interferindo no fluxo sanguíneo ou não. Para isso, utilizam-se pequenos sensores que medem a diferença de pressão dentro dos vasos.

Também é possível visualizar internamente as artérias do coração, o que é chamado de ultrassom intracoronário. Além de ver, o cardiologista intervencionista também afere a pressão do sangue em diferentes locais, como nas cavidades cardíacas e no pulmão

Além de todos esses procedimentos, também pode-se usar pequenos dispositivos para avaliar a saúde das válvulas do coração.

Quais doenças são tratadas por um cardiologista intervencionista?

Existem muitas doenças que podem ser tratadas por um cardiologista intervencionista. Um dos problemas mais comuns que é tratado de forma minimamente invasiva está na obstrução das artérias coronárias. Isso pode ser feito de forma preventiva para evitar um infarto ou após o evento cardiovascular já ter ocorrido, em situação de emergência.

Também é possível fazer a correção de problemas de nascimento, como o fechamento de orifícios ou a colocação de pequenos dispositivos para solucionar um defeito congênito. Isso pode ser realizado nos bebês recém-nascidos e também em adultos, sendo que quanto menor o paciente mais cuidado se deve ter.

Atualmente, graças aos diversos avanços na tecnologia, também é possível fazer a substituição de valvas cardíacas, o que exigia uma cirurgia aberta e trazia desconforto para o paciente.

Vale ressaltar que essas são apenas algumas das aplicações da cardiologia intervencionista e constantemente há novas pesquisas e avanços na área para trazer mais tranquilidade, segurança e agilidade nos mais diversos tratamentos.

Cardiologista regular x intervencionista: qual é mais recomendado?

Enquanto um cardiologista foca na saúde do coração e dos vasos sanguíneos de forma geral, o intervencionista é aquele que domina as cirurgias minimamente invasivas para diagnosticar, tratar ou acompanhar alguma doença.

Dessa forma, essa última especialidade é recomendada para pacientes que precisam passar pelos procedimentos citados acima, como a análise interna dos vasos sanguíneos, a troca de valvas ou a avaliação de uma obstrução.

De maneira geral, o cardiologista intervencionista é indicado por outros médicos após ser notado um problema que exige a realização de um procedimento. Também há pacientes que fazem retornos regulares com esse profissional após sofrerem um infarto ou outro problema cardiovascular para analisar a eficácia do seu tratamento ou avanço da enfermidade.

Agende sua consulta com um cardiologista intervencionista em Florianópolis

Se você deseja agendar uma consulta com um cardiologista intervencionista em Florianópolis, conte conosco. Somos uma clínica especializada nos cuidados com o coração e temos um corpo clínico multidisciplinar para atender você da melhor forma possível.

Aqui, na Unicardio, você também pode realizar consulta com outros especialistas, como cardiologistas e endocrinologistas, assim como pode fazer exames complementares para avaliar o seu coração, como eletrocardiograma, teste ergométrico e ecocardiograma.

Dê play no vídeo abaixo para conhecer um dos nossos cardiologistas intervencionistas e saber mais sobre essa especialidade da medicina.

Orientações para consulta com cardiologista intervencionista na Unicardio ♥

Procedimento: opte por vestimenta confortável, dividida em duas peças, como: calça e blusa.

Atendimento: chegar com 20 minutos de antecedência ao horário agendado. Essa antecipação é importante para a manutenção do seu atendimento, evitando cancelamentos.

Lembre-se de trazer os seus documentos de identificação e as solicitações médicas.

Importante: faça parte da prevenção contra Covid-19! Venha desacompanhado, salvo casos de incapacidade. Use máscara de proteção ao sair de casa, higienize as mãos ao chegar e mantenha distanciamento social.

Na ocorrência de infecção por Coronavírus ou de sintomas como febre, tosse, coriza, falta de ar e cansaço, comunique nossa equipe e remarque seu atendimento.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer agendar uma consulta conosco? Então entre em contato para saber mais ou utilize o nosso agendamento virtual para fazer o seu agendamento.

Material escrito por:
Médico Cardiologista - CRM/SC 5960 RQE 3740/ 5037

Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC/Conclusão em 1992) Residência em Clínica Médica pelo Hospital Governador Celso...

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.