Teste ergométrico faz parte do check-up cardiológico pós Covid-19?

Por: - Médico Cardiologista - CRM/SC 4101 RQE 1132
Publicado em 10/07/2021

Teste ergométrico faz parte do check-up cardiológico pós Covid-19?

Está procurando por um teste ergométrico em Florianópolis para fazer após a infecção por Coronavírus, mas ainda tem dúvidas se esse exame precisa fazer parte do check-up cardiológico? Então esse artigo é para você.

 

A Covid-19 é uma doença que ainda carrega muitos mistérios. A cada mês que passa, descobrem-se novos aspectos dessa patologia e dos seus efeitos no corpo. Mas, já se sabe que ela pode ter sérias consequências para diferentes órgãos, inclusive para a saúde cardiovascular.

 

Por isso, mesmo após a infecção, é essencial que alguns pacientes façam exames gerais para verificar como está a saúde geral do corpo e identificar possíveis problemas decorrentes da doença.

 

Se você quer saber se você é uma das pessoas que precisa investir na realização de check-up e deseja saber mais sobre o teste ergométrico pós-Covid-19, continue lendo esse artigo e tire todas as suas dúvidas sobre o tema.

 

Como a Covid-19 afeta a saúde cardiológica?

 

A pandemia da Covid-19 já completou um ano e, em 2021, ela tem batido recordes de infecção e mortes no Brasil. Apesar disso, a vacinação já começou e tem mostrado resultados em relação à diminuição na taxa de mortalidade de idosos e em pessoas com comorbidades.

 

Mesmo com a expectativa de melhora, essa doença continua sendo motivo de preocupação para os infectados e para aqueles que já estão recuperados, uma vez que, mesmo após o período ativo do vírus, pode-se encontrar complicações em decorrência dele. Segundo a Organização Mundial da Saúde, as sequelas são consequência do processo inflamatório causado pela Covid-19 e podem afetar:

  • sistema respiratório;

  • sistema nervoso central e

  • sistema cardiovascular.

 

Além disso, ainda pode haver sequelas neuropsiquiátricas, como o declínio da cognição, e psicológicas, o que pode ocorrer mesmo sem haver o contágio, como consequência do isolamento social e da ansiedade e estresse do período.

 

Em relação às sequelas do sistema cardiovascular, elas são mais frequentes em pacientes com patologias preexistentes e podem incluir:

  • lesões miocárdicas;

  • miocardite;

  • redução da função sistólica;

  • arritmias;

  • tromboembolismo e outros distúrbios de coagulação;

  • insuficiência cardíaca e

  • choque cardiogênico.

 

Quando é necessário realizar exames cardiológicos após a Covid-19?

 

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a realização de exames, como a ressonância magnética e o teste ergométrico, e acompanhamento médico devem ser feitos por todos os pacientes que tiveram Covid-19, mesmo aqueles que não ficaram internados.

 

A SBC ainda ressalta que a infecção pode trazer complicações graves ou letais para os portadores de doenças cardíacas e cardiometabólicas, como a obesidade e a diabetes, por isso, fazer o check-up é ainda mais importante para esses pacientes.

 

O teste ergométrico deve ser feito após a Covid-19?

 

Os exames mais indicados para você só podem ser definidos pelo seu médico que conhece o seu caso, seu histórico familiar e complicações cardiovasculares, mas, em geral, o teste ergométrico estará entre eles. Também é possível que o cardiologista indique:

  • eletrocardiograma;

  • exame de sangue;

  • holter 24 horas e

  • ressonância magnética.

    Ecocardiograma

 

Como é feito o teste ergométrico?

 

O teste ergométrico, também chamado de teste de esforço, é um exame simples, que não causa nenhum tipo de desconforto. Para sua realização, eletrodos são colocados no tórax do paciente para monitoramento. Também coloca-se um aparelho para fazer a medição da pressão arterial em tempo real, o que pode ocorrer diretamente no braço ou no dedo.

 

Após a colocação dos equipamentos, o paciente é colocado em uma bicicleta ergométrica ou esteira e começa a fazer exercício, que terá sua intensidade modificada para analisar os batimentos cardíacos e a recuperação do órgão. O exame é interrompido de forma gradativa após a exaustão ou a frequência cardíaca máxima para a idade ser atingida.

 

Por que fazer um teste ergométrico pós-Covid-19?

 

Por meio desse exame é possível identificar diversos problemas cardiovasculares, como:

  • redução da oxigenação do músculo cardíaco;

  • arritmias;

  • distúrbios que afetam a circulação e

  • hipertensão arterial.

 

Dessa forma, o teste ergométrico traz diversos benefícios para os pacientes que foram infectados pelo Coronavírus. Vale ressaltar que esse exame não é indicado para pacientes que contam com restrições de mobilidade, recém-operados ou com enfermidades agudas, por isso, antes de realizá-lo, não deixe de consultar um especialista.

 

Agende o seu teste ergométrico em Florianópolis

 

Agora que você já sabe sobre a importância do check-up cardiológico e do teste ergométrico pós-Covid-19, não deixe de agendar uma consulta com um especialista e realizar esse exame o quanto antes, para não ter mais preocupações relacionadas às possíveis sequelas que essa infecção pode causar no coração.

 

E, se você está procurando por um teste ergométrico em Florianópolis, marque o seu horário conosco, da Unicardio. Nós somos uma clínica localizada no centro da cidade e atuamos desde 1983 na prevenção, diagnóstico e tratamento de patologias cardiovasculares.

 

Aqui, você pode realizar o seu exame e verificar os resultados com um especialista no mesmo local. Entre em contato conosco para saber mais e agendar seu horário.

 

Caso você deseje saber mais informações sobre a saúde cardiovascular, nos siga no Facebook e no Instagram.

Material escrito por:
Médico Cardiologista - CRM/SC 4101 RQE 1132

Diretor técnico da Unicardio, o Dr. Harry Correa Filho é formado em medicina pela UFSC e especialista em cardiologia pelo Instituto de Cardiologia de Santa Catarina, onde já foi diretor. É professor de cardiologia na Unisul e Pesquisador de estudos clínicos, como EMERAS, ISIS 4, PARAGON, PLATO e TRILOGY.

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.